sábado, 11 de fevereiro de 2012

DOPING

A Agência Mundial antidoping, AMA, estabelece que doping é a utilização de substâncias ou métodos capazes de aumentar artificialmente o desempenho esportivo, sejam eles potencialmente prejudiciais à saúde do atleta ou a de seus adversários ou contra o espírito do jogo. A caracterização do doping se dá quando duas ou mais dessas condições se fazem presentes.
O controle do doping pode ser realizado pelo exame de sangue ou de urina do competidor imediatamente após o término de uma competição, podendo também ser feito a qualquer momento da vida do atleta, durante um treinamento, em sua residência e até mesmo algum tempo antes ou depois de uma prova.

A maioria dos atletas já vem sendo testada muito antes do evento, o que diminui as chances de que eles se dopem antes dos Jogos e parem num determinado período para que as substâncias que utilizaram não sejam detectadas. Caso haja um flagrante, o atleta tem o direito de se explicar, mas, se for comprovado o doping, ele é punido conforme a substância utilizada. A penalidade mais comum é a suspensão.

A ação metabólica do doping no organismo depende da substância que está sendo usada como tal.

Tipos de s substâncias dopantes:

•Agentes anabolizantes;
•Beta-bloqueadores;
•Estimulantes;
•Hormonais e substâncias relacionadas;
•Álcool;
•Manipulação química e física;
•Canabinóides;
•Dopagem genética;
•Narcóticos;
•Glucocorticosteróides.
Postar um comentário